ISSO É DISCIPULADO

Loading...

domingo, 27 de fevereiro de 2011

PARÁBOLA DO SERVO VIGILANTE


Por
Romildo Gurgel

LEITURA BÍBLICA: (Lc. 12:35-48)

1 - INTRODUÇÃO:
A idéia que se destaca nessa parábola, como em outras, é a de estar preparado para a vinda de Cristo. Todos os que são membros da casa da fé, servos uns com os outros do mestre, despenseiros dos mistérios da graça, deverão empenhar-se uns aos outros nas coisas do reino divino, e viver e trabalhar em conjunto para o Rei. (Herbert Lockyer)

2 – OBSERVANDO A PARÁBOLA

a) É UMA ALERTA - A parábola é apresentada como uma comparação. Jesus compara o estado de alerta a homens que esperam pelo seu Senhor, ao voltar ele das festas de casamento; para que, quando vier e bater à porta, logo lha abram – (v.36)

b) OS DISCÍPULOS DEVEM ESTAR PREPARADOS - Jesus diz para seus discípulos que estejam preparados para o serviço e que mantenham acesas as suas lâmpadas.

c) TODOS DEVEM ESPERAR DE IGUAL MODO SEM REVERSAMENTO NA ESPERA - Nesta parábola, todos os servos que estão esperando pelo Senhor, devem abrir a porta quando Ele bater. Não é uma única pessoa que esta esperando o Senhor, mas todos quando ouvir o bater da porta, devem abri-la – (V.36)

d) OS QUE ABREM A PORTA SÃO OS QUE ESTÃO ESPERANDO - (V.36)

e) OS SERVOS NÃO SABEM QUANDO OUVIRÃO A BATIDA – Por isso, esperam cingidos e com as lâmpadas acesas – (v.35)

3 – PORQUE DEVEM TODOS OS SERVOS SE MANTER ACORDADOS ? E PORQUE DEVEM TODOS ELES ATENDER À PORTA ?

 Porque Jesus queria retratar o relacionamento de confiança que existia entre o senhor e seus servos.
Nós observamos isso na palavra” Bem aventurado” que ocorre na parábola por três vezes-

(Lucas 12:37) - Bem-aventurados aqueles servos, os quais, quando o Senhor vier, achar vigiando! Em verdade vos digo que se cingirá, e os fará assentar à mesa e, chegando-se, os servirá.
(Lucas 12:38) - E, se vier na segunda vigília, e se vier na terceira vigília, e os achar assim, bem-aventurados são os tais servos.

(Lucas 12:43) - Bem-aventurado aquele servo a quem o seu senhor, quando vier, achar fazendo assim.

4 – O QUE O SENHOR DEIXOU CLARO PARA OS SEUS DISCIPULOS FAZEREM NA OCASIÃO DA SUA VOLTA ?
a) Eles teriam que estar cingidos – (v.35) A fim de ter liberdade de atividade, os homens prendiam as saias de suas túnicas em seus cintos. Cingido sig. Estar pronto para agir.
PAULO DIZ QUE SE DEVE SINGIR-SE NA VERDADE E NA PRÁTICA
(Efésios 6:14) - Estai, pois, firmes, tendo CINGIDOS os vossos lombos com a verdade, e vestida a couraça da justiça;

JOÃO DIZ QUE OS ANJOS SÃO CINGIDOS COM CINTOS DE OURO, OU SEJA, TRABALHAM EM OBEDIÊNCIA AS ORDENS DE DEUS
(Apocalipse 15:6) - E os sete anjos que tinham as sete pragas saíram do templo, vestidos de linho puro e resplandecente, e CINGIDOS com cintos de ouro pelos peitos.

PEDRO DIZ QUE CINGIR-SE É NO ENTENDIMENTO
(1 Pedro 1:13) - Portanto, CINGINDO os lombos do vosso entendimento, sede sóbrios, e esperai inteiramente na graça que se vos ofereceu na revelação de Jesus Cristo;

 Na parábola das Bodas, o critério para participar dela era esta vestido com vestes nupciais. Já aqui nesta, Jesus exorta a estarmos cingidos.

b) Teriam que manter acesa a candeia –(v.35) Isto lembra a parábola das 10 virgens.

AS LOUCAS NÃO LEVARAM AZEITE PARA MANTER ACESA A CANDEIA
(Mateus 25:3) - As loucas, tomando as suas LÂMPADAS, não levaram azeite consigo.

AS PRUDENTES LEVARAM AZEITE SUFICIENTE
(Mateus 25:4) - Mas as prudentes levaram azeite em suas vasilhas, com as suas LÂMPADAS.

COM A AUSÊNCIA DO SENHOR, AS VIRGENS PREPARAM AS CANDEIAS
(Mateus 25:7) - Então todas aquelas virgens se levantaram, e prepararam as suas LÂMPADAS.

AS LOUCAS EMBORA ESTEJAM ACORDADAS, ESTÃO COM AS CANDEIAS APAGADAS
(Mateus 25:8) - E as loucas disseram às prudentes: Dai-nos do vosso azeite, porque as nossas LÂMPADAS se apagam.

c) Teriam que abrirem a porta quando ouvissem a batida – Isto lembra a Igreja de Laodicéia – (v.36)
(Apocalipse 3:20) - Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo.

 A porta é a do coração
 O arrebatamento é universal; e a batida na porta é universal...

d) Teriam que servir ao Senhor, mas uma série inesperada de acontecimentos toma lugar: o senhor se torna servo. Ele se veste para o serviço, seus servos tomam lugar à mesa e ele os serve – (v.37)
(Lucas 12:37) - Bem-aventurados aqueles servos, os quais, quando o Senhor vier, achar vigiando! Em verdade vos digo que se cingirá, e os fará assentar à mesa e, chegando-se, os servirá.

O COMUM NA ATIVIDADE DE UM SERVO SERIA TRABALHAR SEM ESPERAR NADA EM TROCA PELO TRABALHO (parece até uma ironia para os nossos dias de tanta prosperidade)
(LC 17:7) - E qual de vós terá um servo a lavrar ou a apascentar gado, a quem, voltando ele do campo, diga: Chega-te, e assenta-te à mesa?
(LC 17:8) - E não lhe diga antes: Prepara-me a ceia, e cinge-te, e serve-me até que tenha comido e bebido, e depois comerás e beberás tu?
(LC 17:9) - Porventura dá graças ao tal servo, porque fez o que lhe foi mandado?
(LC 17:10) - Assim também vós, quando fizerdes tudo o que vos for mandado, dizei: Somos servos inúteis, porque fizemos somente o que devíamos fazer.

O SENHOR ENSINA AOS SEUS DISCIPULOS O EXEMPLO DE SERVIÇO
(JO 13:2) - E, acabada a ceia, tendo o diabo posto no coração de Judas Iscariotes, filho de Simão, que o traísse,
(JO 13:3) - Jesus, sabendo que o Pai tinha depositado nas suas mãos todas as coisas, e que havia saído de Deus e ia para Deus,
(JO 13:4) - Levantou-se da ceia, tirou as vestes, e, tomando uma toalha, cingiu-se.
(JO 13:5) - Depois deitou água numa bacia, e começou a lavar os pés aos discípulos, e a enxugar-lhos com a toalha com que estava cingido.
(JO 13:6) - Aproximou-se, pois, de Simão Pedro, que lhe disse: Senhor, tu lavas-me os pés a mim?
(JO 13:7) - Respondeu Jesus, e disse-lhe: O que eu faço não o sabes tu agora, mas tu o saberás depois.
(JO 13:8) - Disse-lhe Pedro: Nunca me lavarás os pés. Respondeu-lhe Jesus: Se eu te não lavar, não tens parte comigo.
(JO 13:9) - Disse-lhe Simão Pedro: Senhor, não só os meus pés, mas também as mãos e a cabeça.
(JO 13:10) - Disse-lhe Jesus: Aquele que está lavado não necessita de lavar senão os pés, pois no mais todo está limpo. Ora vós estais limpos, mas não todos.
(JO 13:11) - Porque bem sabia ele quem o havia de trair; por isso disse: Nem todos estais limpos.
(JO 13:12) - Depois que lhes lavou os pés, e tomou as suas vestes, e se assentou outra vez à mesa, disse-lhes: Entendeis o que vos tenho feito?
(JO 13:13) - Vós me chamais Mestre e Senhor, e dizeis bem, porque eu o sou.
(JO 13:14) - Ora, se eu, Senhor e Mestre, vos lavei os pés, vós deveis também lavar os pés uns aos outros.
(JO 13:15) - Porque eu vos dei o exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também.

e) Teriam que dá sustento aos seus conservos ao seu tempo – (v.43)

(Mateus 24:45) - Quem é, pois, o servo fiel e prudente, que o seu senhor constituiu sobre a sua casa, para dar o SUSTENTO a seu tempo?

(1 Coríntios 13:3) - E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para SUSTENTO dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria.

f) Teriam que exercer a mordomia – (V.42) E ISTO É PARA TODOS – (V.41) –

(LC 16:1) - E DIZIA também aos seus discípulos: Havia um certo homem rico, o qual tinha um mordomo; e este foi acusado perante ele de dissipar os seus bens.
(LC 16:2) - E ele, chamando-o, disse-lhe: Que é isto que ouço de ti? Dá contas da tua mordomia, porque já não poderás ser mais meu mordomo.
(LC 16:3) - E o mordomo disse consigo: Que farei, pois que o meu senhor me tira a mordomia? Cavar, não posso; de mendigar, tenho vergonha.
(LC 16:4) - Eu sei o que hei de fazer, para que, quando for desapossado da mordomia, me recebam em suas casas.
(LC 16:5) - E, chamando a si cada um dos devedores do seu SENHOR, disse ao primeiro: Quanto deves ao meu senhor?
(LC 16:6) - E ele respondeu: Cem medidas de azeite. E disse-lhe: Toma a tua obrigação, e assentando-te já, escreve cinqüenta.
(LC 16:7) - Disse depois a outro: E tu, quanto deves? E ele respondeu: Cem alqueires de trigo. E disse-lhe: Toma a tua obrigação, e escreve oitenta.
(LC 16:8) - E louvou aquele senhor o injusto mordomo por haver procedido prudentemente, porque os filhos deste mundo são mais prudentes na sua geração do que os filhos da luz.
(LC 16:9) - E eu vos digo: Granjeai amigos com as riquezas da injustiça; para que, quando estas vos faltarem, vos recebam eles nos tabernáculos eternos.
(LC 16:10) - Quem é fiel no mínimo, também é fiel no muito; quem é injusto no mínimo, também é injusto no muito.
(LC 16:11) - Pois, se nas riquezas injustas não fostes fiéis, quem vos confiará as verdadeiras?
(LC 16:12) - E, se no alheio não fostes fiéis, quem vos dará o que é vosso?
(LC 16:13) - Nenhum servo pode servir dois senhores; porque, ou há de odiar um e amar o outro, ou se há de chegar a um e desprezar o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom.
(LC 16:14) - E os fariseus, que eram avarentos, ouviam todas estas coisas, e zombavam dele.

g) Teriam que conhecer a vontade do senhor e se aprontar – (v.47)

(Mateus 6:10) - Venha o teu reino, seja feita a tua VONTADE, assim na terra como no céu;

(Mateus 7:21) - Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a VONTADE de meu Pai, que está nos céus.

(Mateus 12:50) - Porque, qualquer que fizer a VONTADE de meu Pai que está nos céus, este é meu irmão, e irmã e mãe.

(Mateus 5:19) - Qualquer, pois, que violar um destes mandamentos, por menor que seja, e assim ensinar aos homens, será chamado o menor no reino dos céus; aquele, porém, que os cumprir e ensinar será chamado grande no reino dos céus.

5 – O QUE ACONTECERÁ COM OS DISCIPULOS QUE NÃO VIGIARAM NA VOLTA DO SENHOR ?

a) Não terão lugar a mesa e não serão servidos pelo Senhor – (v.37)

b) Serão castigados e a sua sorte será com os infiéis – (v.46)

c) Serão punidos com muitos açoites – (v.47)

BIBLIOGRAFIA

KISTEMAKER, Simon J. As Parábolas de Jesus. Casa Editora Presbiteriana. 1a Edição – 1992. São Paulo – SP

LOCKYER, Herbert. Todas as Parábolas da Bíblia. Editora Vida. 3a Edição 2001. São Paulo – SP.

A Bíblia Explicada – CPAD

Bíblia em Bytes – Bertolini Informática

MORRIS, Leon L. Lucas, introdução e comentário. Editora Mundo Cristão. 1ª Edição. 1994; São Paulo/SP.

Elaboração
Romildo Gurgel

Nenhum comentário:

Postar um comentário