ISSO É DISCIPULADO

Loading...

segunda-feira, 25 de junho de 2012

É A IGREJA, MEDIADORA ENTRE DEUS E OS HOMENS?


As escrituras sagradas nos instrui que a igreja é o corpo místico de Jesus Cristo formado por todos os que nasceram de novo pela fé na pessoa de Jesus (vd João 3:1-6; prestem bem atenção nas palavras “...ver...” e “...entrar...”( nos vs.3 e vs.5) traduzindo-nos que só se vê e se entra no reino se nascer de novo). A igreja não é uma instituição ou organização religiosa, mas um organismo vivo e dinâmico, tomando corpo e dimensão na incorporação da  vontade de Deus de todos os filhos e filhas comprados pelo sangue de Jesus para serem o seu povo.
As igrejas como instituição religiosa não salva ninguém! Jesus nunca ensinou os seus discípulos a criarem instituições religiosas, ao contrário, Jesus na prática ministerial, trafegava por todos os locais, tanto na religião de sua época como: sinagogas, templo de Jerusalém,outros locais como: praça, jardim, praia, plantações, montes, casas, vilarejos, cidadees, etc. O seu púlpito era onde estivesse gente, pessoas. Seus sermões o mais importante deles é designado sermão do monte, pelo fato de proferi-lo em um monte. A Igreja de Cristo não é limitada a uma denominação evangélica ou alguma outra instituição religiosa. Se pensarmos e acreditarmos que a instituição religiosa é a arca da salvação da humanidade, incorreremos no erro de dizer que a salvação esta na instituição. A igreja não é mediadora entre Deus e os homens. O único que é mediador entre Deus e os homens é Jesus Cristo, como está escrito: “ Porque  há um só Deus e um só Mediador entre Deus e o ser humano, Cristo Jesus, homem” (1Timóteo 2:5). E ainda fala as escrituras abolindo todo modelo ministerial relacional antigo dizendo: “Agora, com efeito, obteve Jesus ministério tanto mais excelente, quanto é ele também mediador de superior aliança instituída com base em superiores promessas” (Hebreus 8:6). E também mediador de uma nova aliança: “Por isso mesmo, ele é o Mediador da nova aliança a fim de que, intervindo a morte para remissão das transgressões que havia sob a primeira aliança, recebam a promessa da eterna herança aqueles que têm sido chamados” (Hebreus 9:15).  Na verdade não há salvação fora da pessoa de Jesus Cristo. O povo de Deus são aqueles que têm a Cristo como o seu único e suficiente salvador e que tem a Bíblia sagrada como única e exclusiva regra de fé e prática, estes sim, independentemente  de onde estão, pertencem a Jesus Cristo, cuja salvação não é encontrado em nenhum local, mas na Sua Pessoa. Quando os homens reagem a revelação da palavra de Deus, a igreja começa a ser edificada, pois a edificação da igreja não é em cima de fundamentos de raciocínios humanos, mas em cima de fundamento sólido chamado  “revelação de Deus na Sua Palavra”. Quando Pedro disse que  “...Jesus era o Cristo, o Filho do Deus vivo” em (Mt.16:16) Jesus desvendou a Pedro o mistério do conhecimento que “não foi carne e sangue que to revelou, mas meu Pai que está nos céus” ( Mt.16:17) Isto, é, revelação da pessoa de Jesus Cristo. A pedra é uma revelação e não uma pessoa. Como está escrito:   “sobre essa pedra (revelação da verdade da pessoa de Jesus Cristo) edificarei a minha  igreja”, ou seja, a Igreja é edifica tendo como alicerce principal a verdade da pessoa de Jesus Cristo não fundamentada em homens, mas em Jesus como edificador e mediador da igreja com Deus.
Confira alguns textos:
“Então Jesus lhes inquiriu: Nunca lestes isto nas Escrituras? A pedra que os construtores rejeitaram, tornou-se a pedra angular; e isso procede do Senhor, sendo portanto, maravilhoso para nós. Por isso, Eu vos declaro que o Reino de Deus será retirado de vós para ser entregue a um povo que produza frutos do Reino” (Mt.21:42-43).
Quando  a pedra (revelação) é rejeitada, a pessoa que ignora a verdade também o é –
“Este Jesus é a pedra que foi rejeitada por vós, os construtores, a qual foi posta como pedra angular. Portanto, não há salvação em nenhum outro ente, pois, em todo universo não há nenhum outro Nome dado aos seres humanos pelo qual devamos ser salvos” (Atos 4:11-12).
Deus colocou a revelação do seu Filho como uma pedra (metáfora), aqueles que erram na interpretação é a mesma coisa de tropeçar com o seu pé na pedra –
“Como está escrito:  Eis que ponho em Sião uma pedra de tropeço e uma rocha de escândalo; mas aquele que nela confia jamais será envergonhado!” (Romanos 9:33).
O apóstolo Paulo explicando a igreja de Corinto disse que a pedra que os israelitas beberam  que jorrava da rocha era Cristo –
“e todos beberam da mesma bebida espiritual, porque tinham a sede saciada pela rocha espiritual que os acompanhava, e essa rocha era Cristo” (1Coríntios 10:4).
O apóstolo Pedro é mais detalhado e confirma essa verdade quando diz em sua carta que o povo de Deus foi gerado por essa Pedra Viva, bem como a igreja também é conotada como pedras que vivem a revelação da Pedra Viva, formando assim uma edificação de uma casa espiritual.
“Achegando-vos a Ele, a Pedra viva, rejeitada pela humanidade, mas eleita e preciosa para Deus, vós também, como pedras vivas, sois edificados como Casa espiritual, com o propósito de serdes sacerdócio santo, oferecendo sacrifícios espirituais aceitáveis a Deus, por meio de Jesus Cristo. Porquanto, assim está registrado na Escritura: Eis que ponho em Sião uma pedra angular, escolhida e preciosa, e aquele que nela deposita sua confiança jamais será envergonhado. Assim sendo, para vós, os que credes, ela é preciosa, mas para os que não creem, a pedra que os construtores rejeitaram tornou-se a principal, a pedra angular, e, pedra de tropeço e rocha que causa a queda; porquanto, aqueles que não creem tropeçam na Palavra, por serem desobedientes, todavia, para isso também foram destinados”(1Pedro 2:4-8).

Amém,

Romildo Gurgel
postado em 25/06/2012 às 23:30 h.

Um comentário:

  1. Sobre o vs 18 como contexto do 17 de Mt.16. É inevitável não perceber. O homem em sua natureza caída não é páreo para as portas do inferno."Levantai óhh portas as vossas cabeças, levantai oh portais eterno, para que entre o Rei da glória, quem é o rei da glória, o Senhor, forte e poderoso Ele é o rei da glória"(salmo 24:7),Este versículo não é para o diabo, mas para a descendência daqueles que foram aprisionados por ele no primeiro Adão. O que transporta os homens para fora da natureza caída, é a revelação de Jesus Cristo. "Ele nos libertou do império das trevas e nos transportou para o reino do Filho do seu amor" (Colossenses 1:13). Por isso que Jesus teve que ser inserido na natureza humana caída,bem como a revelação do pecado foi processado interiormente na natureza não pecaminosa do homem. A qualidade de vida dos homens, depende do que se processar no interior deles, porque é do coração que sai as fontes da vida. Deus permitiu o homem ser tentado no coração, sem permitir que o diabo quebrasse de vez a máquina da consciência que processaria a verdade. Portanto, o alimento da combustão desta máquina poderão estar disponíveis ali. Arvore do conhecimento do bem e do mal ou Arvore da Vida. E o que temos que fazer´é : levantai ohh portas as vossas cabeças, levantai o portais eternos, para que entre o rei da gloria, quem é esse rei da glória, o Senhor, forte e poderoso, Ele é o rei da glória.

    ResponderExcluir