ISSO É DISCIPULADO

Loading...

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

A ESPOSA DO CORDEIRO



Romildo Gurgel

A Igreja revelada nas escrituras é a noiva de Cristo. A situação atual da noiva é o ataviamento para esse grande evento do casamento. A noiva está aprendendo a koinonia a vida de comunhão eterna, no tempo e no espaço, usufruindo desse relacionamento com o noivo através de correspondências (evangelhos, cartas, epistolas, etc). O Espírito Santo ilumina a noiva para desfrutar o máximo possível do noivo por essas correspondências. A noiva corresponde a tudo que o noivo falou e o que foi relatado através de seus discípulos e apóstolos sob a iluminação do Espírito Santo. O Espírito Santo a encanta preparando-a, testemunhando acerca do Noivo, sua pessoa, seu caráter, sua personalidade, sua vida, sua salvação, seu poder, seu domínio e a herança que ele está destinando para ela. No entanto haverá uma única só boda, chamada de bodas do Cordeiro.
Isto mostra um paralelo entre muitas Igrejas “noivas” entre aspas e ramificações, comparadas com a pomba, ou imaculada esposa do Cordeiro. Como está escrito:

 “Sessenta são as rainhas, e oitenta as concubinas, e as virgens sem número. Mas uma só é a minha pomba. A minha imaculada, a única de sua mãe, é a mais querida de aquela que a deu à luz; vendo-a, as filhas lhe chamarão bem-aventurada, as rainhas e as concubinas a louvarão”  (Cantares 6:8-9).

Aqui está a diferença da esposa natural e a hibrida.

Que o Senhor nos  ajude.

Romildo Gurgel


Nenhum comentário:

Postar um comentário