ISSO É DISCIPULADO

Loading...

sábado, 3 de novembro de 2012

ENTREVISTA COM O DEMÔNIO



(Nota: Esta publicação não aconteceu, é  apenas para ilustração.)

1) Como é o seu nome?
    Demônio: Meu primeiro nome não quer dizer nada para vocês, só para Deus, pois
    já houve muitas mudanças ao longo do tempo, muitos nomes.
2) Como assim, você evoluiu?
    Demônio: Quando se é julgado não se evolui mais, se estaciona, e o que
    se pode fazer é engordar, isto é, expandir horizontalmente, aumentar o número de influência
    associando pessoas, mas a estatura sempre será a mesma independente de subjugação.
3) Não tem mesmo como evoluir?
    Demônio: Impossível, o julgamento parou tudo junto com o meu primeiro nome, e aquilo que
    esperamos encontrar nas pessoas torna-se uma armadilha, por isso precisamos unir mais
    entidades, e mais outras até formar-se uma legião para que se possa parecer um pouco com o
    homem, que naturalmente evolui com Deus enquanto vive.
4) E o homem pode ajudar nisso?
    Demônio: Não, quando se morre segue-se ao juízo, mas no nosso caso já fomos julgados e tudo é
    um beco sem saída, e até mesmo quando o homem se submete a nós também estaciona, não tem como
    sair disso.
5) Como é a vida de vocês?
    Demônio: Não chamo isso de vida, mas de desespero, é como um inferno, tentamos achar uma saída
    o tempo todo por isso procuramos na promessa do homem as brechas, evitamos os animais, mas
    mesmo assim não dá certo, terrível foi o juízo, e o máximo onde se pode ir é pela semelhança
    com o homem no passado, e esperar que não se descubra o esconderijo.
6) Como se descobre o esconderijo, ou seja, quando se sabe que uma pessoa está possessa?
    Demônio: É desesperador, não ha controle, é a maior bagunça na fraqueza, o controle vem de
    fora e não de dentro, é um inferno.
7) Como se controla?
    Demônio: Medo.
8) Como assim, medo!
   Demônio: Temos medo e conseguimos externar o nosso próprio medo e mentir para os que nos
   abordam. Quando uma pessoa sente medo é o nosso medo que sentimos, e plantamos isso nelas por
   causa da carne, e que a mentira a faz pensar que o medo é dela, senão estaremos mais uma vez
   perdidos. Mentimos em tudo que o homem pode acreditar.A mentira começou tudo isso.
9) Então vocês passam o medo ?
   Demônio: É a primeira coisa, e tem gente que ainda está correndo por aí.
10) E a resistência?
   Demônio: A fé que Jesus inventou pela criação (Jesus é o autor e consumador da fé). Para estes
   somos como um animalzinho em extinção, e seria até bom que já estivéssemos sido extintos, mas,
   o tempo pertence a Deus, e o juízo, e a ressurreição, e o que se pode fazer é esperar.11) Quem pode expulsar vocês?
    Demônio: Tem casos que qualquer pessoa de bom caráter moral tem autoridade para isso, pois já passa uma imagem de Deus que nos faz tremer, mas tem casos que não é o suficiente.
12) Como assim ?
   Demônio: Quando se quer ir mais além que envolve o espiritual, é preciso ter a autoridade de Jesus, que pelo sacrifício, só com jejum e oração é que se compreenderá o nivelamento, aí não tem como.
13) Então o sacrifício de Jesus tem esse poder !
    Demônio: O sacrifício de Jesus salvou o homem. "Quem tem o Filho tem a vida; quem não tem o Filho de Deus não tem a vida. (I S.João 5:12)" . Quem crê nele não é condenado, mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do Unigénito Filho de Deus. (João 3:18)
14) Então vocês já foram julgados ?
   Demônio: Já (João 16:11). Não se deve brincar com Deus. A misericórdia, a longanimidade, o amor, e quando
   levamos ao descaso as oportunidades que tivemos outrora (nosso caso), pecamos na presença de
   Deus (que é uma blasfêmia), diferente de quem peca na ignorância e alcança misericórdia em
   Jesus Cristo homem. Blasfêmia é conhecimento de causa, é pecar na presença de Deus,no
   espiritual, não existe perdão para isso, como poderia!
15) Como se procede a possessão?
   Demônio: Algo mais além do pecado. Três coisas que atrai nossa semelhança para morada. Uma
   pessoa sem fé, sem esperança e sem amor. Pessoas vazias de vida, deprimidas e minadas pela
   opressão, e já sem forças se entreguam a possessão, e quando não suportam mais nos julga pelo
   que já somos e chega até cometer suicídio expondo a nossa condição.
16) Como você respondeu a tantas perguntas?
   Demônio: Somos muitos. Uns aqui não entendem nada, só fazem latir como um cachorro, miar como
   um gato e tem de tudo aqui nessa cabecinha, mas as respostas saíram por uma mesma boca,
   enquanto o cara aqui dormia.

Fernando Camboim Filho
(Irmão na fé) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário