ISSO É DISCIPULADO

Loading...

sexta-feira, 20 de março de 2009

--> Porque as pessoas são atraidas pelas más notícias???

(Trocando o "Pão da Vida" pelo "pão que o diabo amassou")

Segundo o Dicionário Aurélio, a palavra Evangelho deriva do grego euangélion, "boa nova", pelo latim evangeliu.

Sim, resumidamente a palavra Evangelho pode ser definida como "boas novas" ou como boas notícias. Mas, por que gostamos tanto das notícias ruins? Todos os dias ficamos sabendo de guerras, mortes, desastres naturais, falência pessoal. Gostamos de saber quem foi preso, quem perdeu tudo e está endividado, quais casais estão separando, quem está traindo o marido ou a esposa, quais filhos estão usando drogas ou coisas assim.

A pergunta que desafia o nosso coração é: por que gostamos tanto de notícias ruins? Por que temos essa “síndrome de urubu” de ficar voando em cima da carniça? Logicamente os nossos jornais só falam de desgraça porque é isso que grande parte das pessoas gostam de ouvir, mesmo porque as empresas de comunicação sobrevivem da audiência que conseguem cativar.

Nesse ponto, o ditado popular de que “a boca fala o que o coração está cheio” é uma grande verdade. Não é atoa que os jornais, as novelas, os programas de auditório, as revistas estão recheados de coisas ruins. É a lógica do que é ruim. É a “síndrome do urubu” sobrepujando o vôo do beija-flor. Enfim, é a lógica da maldade alimentando mais maldade ainda.

Parece que estamos doentes e precisando de cura. Não é possível que vamos passar a vida inteira só alimentando desgraça após desgraça. Maldade após maldade. Hoje a Palavra de Deus tem um tratamento especial para o meu e para o seu coração. Deus nos ama e não quer que a nossa vida se transforme num disk-entulho de desgraças.

Se por um lado Jesus é o Verbo, ou seja a Palavra, se por um lado o Evangelho pode ser traduzido como “boas novas” como “boas notícias”, por outro, o apego às notícias ruins, a influência da maldade na vida das pessoas denotam, claramente, um afastamento da Bíblia, das revelações dos céus. Talvez, até de forma inconsciente a humanidade deixa de receber o bom alimento da parte de Deus, para se empaturrar com a maldade que prolifera nas relações sociais.

Na tentação de Jesus Cristo no deserto, quando, aqui na terra, o céu lutou contra o inferno, quando as boas notícias enfrentaram as más notícias, quando a boa influência esteve frente a frente com a influência maligna vamos encontrar uma revelação divina importante para as nossas vidas.

O Evangelho nos relata que o tentador chegou para Jesus e disse, se tu és o Filho de Deus, mande que estas pedras se transformem em pães ao que Jesus respondeu: - nem só de pão viverá o homem mas de toda a Palavra que sai da boca do Senhor.

Sabe o que está acontecendo conosco? Sabe o que o diagnóstico das Sagradas Escrituras nos diz? É que estamos perdendo a Palavra de Deus e nos alimentando do pão do maligno, ou na expressão popular, estamos trocando o “pão da vida” de Jesus, pelo “pão que o diabo amassou”.

Mas isso não é alimento para a vida de ninguém. Isso não alimenta a alma, isso faz mal para a existência. Mesmo estando com fome, mesmo em um momento de extrema necessidade Jesus rejeitou esse pão no deserto para declarar que o que realmente alimenta a vida é a Palavra de Deus.

Jesus mudou as manchetes negativas na vida das pessoas porque o evangelho é a “boa nova”, as “boas notícias” para a salvação de todo aquele que crer. Vamos ver alguns exemplos na Palavra de Deus:

1 A má notícia seria: “Noivo passa vergonha porque faltou vinho o seu casamento”
Jesus muda a história e a manchete tem que ser: “Noivo é abençoado porque Jesus, o Filho de Deus, transformou a água em vinho no seu casamento”

2 A manchete negativa seria: “Doze homens que seguiam líder religioso morrem afogado numa tempestade no mar”.
O Evangelho muda a notícia para dizer: “Jesus acalma a tempestade para salvar a vida de seus discípulos”

3 Plantão de notícias negativas da cidade de Naim: “Viúva desamparada sai para enterrar seu único filho”.
Plantão das boas notícias do céu afirma: “Jesus ressuscita o filho da viúva e os dois voltam felizes para a casa”

4 Documentário negativo: A triste história do paralítico de Betesda que a trinta e oito anos vive à espera de um milagre que nunca chega”.
Documentário positivo do céu: Em poucos minutos Jesus curou o paralítico a beira do tanque de Betesda. Testemunhas dizem que após o milagre ele saiu carregando a própria cama”

5 Out-door das más notícias: O salário do pecado é a morte.
Out-door do evangelho: Mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna por Cristo Jesus nosso Senhor.

Especialmente neste tempo quando as más notícias se multiplicam por todos os lados precisamos aprender a nos alimentar cada vez mais com a Palavra de Deus.

A Bíblia possui as melhores notícias para as nossas vidas, e apenas mais uma delas queremos deixar para o nosso coração. Diz o texto: “Porque estou certo de quem nem a morte, nem a vida, nem os anjos nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir, nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor.”

Se alimente das boas notícias que só Deus tem para a sua existência.

Extraido do site da revista ULTIMATO

Nenhum comentário:

Postar um comentário